Macaco tem duas patas amputadas por causa de choque elétrico em RO

Fêmea de bugio não poderá mais voltar à natureza.
Eletrobrás afirma que acidentes com animais não são comuns.

Larissa Matarésio Do G1 RO
A fême de bugio teve partes de duas patas amputadas por causa de machucados causados por choque elétrico (Foto: Larissa Matarésio/G1)
A fêmea de bugio teve partes de duas patas amputadas por causa de machucados causados por choque elétrico (Foto: Larissa Matarésio/G1)
A fêmea de bugio encontrada em Campo Novo dos Parecis, RO, pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e entregue ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) há um mês, teve parte da patas amputadas por conta de machucados causados por choque elétrico. Possível causa é acidente com rede elétrica.
Os veterinários do Centro de Triagem de Animas Silvestres (Cetas), em Porto Velho, que cuida de animais feridos e debilitados acreditam que a possível causa dos machucados foi uma forte descarga de eletricidade, causada por acidente em rede elétrica.
O animal chegou muito machucado, com o lado direito do corpo em estado de necrose, e exposição óssea nas patas anterior e posterior deste lado. Os ferimentos eram tão graves que parte das patas precisaram ser amputados para que ocorresse a cicatrização.
Animal de recupera bem e espera por um lar definitivo (Foto: Larissa Matarésio/G1)Animal de recupera bem e espera por um lar definitivo
(Foto: Larissa Matarésio/G1)
Depois de tratamento intensivo e de muitos cuidados,a jovem fêmea se alimenta normalmente e está aprendendo a conviver com sua nova deficiência.
“Essa fêmea não vai mais poder ser reintroduzida na natureza, ela sempre vai requerer cuidados especiais. Já estamos procurando um novo lar para ela, onde ela possa conviver com outros de sua espécie”, diz o médico veterinário do Cetas, Gilson Rios.
Segundo a Eletrobrás Distribuição Rondônia acidentes com animais em rede elétrica não são comuns no estado, e por isso não há um controle estatístico com relação a isso.
O que às vezes acontece são problemas em áreas rurais com indução de descarga elétrica ou postes e fios da rede de transmissão que acabam eletrificando o solo e matando alguns animais, como o gado, que fica perto de cercas.
No Cetas já foi registrado a passagem de outros dois animais com o mesmo problema do bugio, que chegaram ao centro com machucados possivelmente causados por choque elétrico.