Zoológico na Alemanha sacrifica ursa polar idosa

Animal era um dos mais velhos de sua espécie, informa instituição.
‘Irka’ tinha 34 anos; animais desse tipo não costumam passar de 20.

Do Globo Natureza, em São Paulo

O zoológico de Bremerhaven, na Alemanha, anunciou que teve de sacrificar a ursa polar Irka, de 34 anos, depois que ela começou a apresentar dificuldades de locomoção e alterações em exames sanguíneos.  Segundo divulgou o zoo nesta quarta-feira (4), análise posterior à morte mostrou que ela tinha um tumor no fígado.  Exceto pelos problemas apresentados recentemente, a ursa, levada do Canadá para a Alemanha  em 1979, sempre foi saudável. Por isso, conseguiu atingir a idade de 34 anos, quando o normal para a espécie é não passar dos 20. (Foto: Bremerhaven Zoo am Meer/Divulgação)O zoológico de Bremerhaven, na Alemanha, anunciou que teve de sacrificar a ursa polar Irka, de 34 anos, depois que ela começou a apresentar dificuldades de locomoção e alterações em exames sanguíneos. "Estamos todos muito tristes", afirma uma nota da instituição. Segundo divulgou o zoo nesta quarta-feira (4), uma análise posterior à morte mostrou que ela tinha um tumor no fígado. Exceto pelos problemas apresentados recentemente, a ursa, levada do Canadá para a Alemanha em 1979, sempre foi saudável. Por isso, conseguiu atingir a idade de 34 anos, quando o normal para a espécie, na natureza, é não passar dos 20 - o que a tornou uma de suas mais velhas representantes no mundo.(Foto: Bremerhaven Zoo am Meer/Divulgação)