URBANISMO SUSTENTÁVEL: O QUE SÃO PAULO QUER SER QUANDO CRESCER.


article-image
Entre as cidades acompanhadas pela consultoria Price WaterHouse Coopers (PwC), a Região Metropolitana de São Paulo é uma das que mais faltam planejamento e articulação de políticas públicas urbanas. Esta uma das principais conclusões do estudo Cidades de Oportunidades feitas pela consultoria.
O resultado concreto disto é a colocação em penúltimo lugar entre as 27 cidades acompanhadas no ranking. Como um aluno que tira a maioria de notas medíocres, algumas notas jogam para baixo a cidade como um todo. Atrás de São Paulo, fica apenas a mancha metropolitana de Mumbai, na Índia.
“Eu diria que a falta de planejamento é o fator mais importante”, concluiu Richard Dubois, que elaborou o capítulo paulista para o estudo. “Estamos muito bem culturalmente e em abertura para fazer negócios”.